Alopecia fibrosante frontal

DERMATOLOGIA CAPILAR

Alopecia fibrosante frontal

O que é?

 

Alopecia fibrosante frontal leva à queda dos fios de cabelo na região frontal. Assim, provoca um aumento progressivo da testa e das entradas laterais. Essa queda costuma ser lenta e progressiva. Pode ocorrer também o comprometimento das sobrancelhas, que chegam quase a desaparecer. Além disso, pode haver algumas lesões na pele do rosto que a deixam áspera; são pápulas (bolinhas) amareladas ou cor da pele.

 

No entanto, o cabelo não volta mais a nascer. É uma perda definitiva, pois ocorre uma fibrose (tipo de cicatriz) da raiz do cabelo.

 

Qual a causa da Alopecia fibrosante frontal?

 

Cada vez mais temos casos de alopecia fibrosante frontal e, apesar disso, não sabemos as possíveis causas. Ocorre mais frequentemente em mulheres na menopausa, mas temos casos em pessoas mais jovens. Fatores genéticos, hormonais e ambientais podem estar envolvidos.

 

Como fazer diagnóstico da Alopecia fibrosante frontal?

 

Fazemos um bom exame clínico e, em alguns casos, biopsia do couro cabeludo.

 

Qual o tratamento?

 

Não temos tratamento específico porque não sabemos a causa. Entretanto, é muito importante que o diagnóstico seja feito o mais rápido possível a fim de começarmos algum tipo de tratamento para tentar impedir a progressão da doença.

 

Em geral usamos via oral:

 

  • Finasterida;
  • Cloroquina;
  • Minoxidil.

 

Medicações tópicas:

 

  • Corticoides;
  • Tacrolimos.

 

Além disso, podemos associar o LED (fototerapia capilar), microagulhamento e MMP (micro infusão na pele de medicamentos).

 

O mais importante é o tratamento precoce a fim de evitarmos que a doença progrida e, então, leve a uma perda definitiva.

Entre em Contato

Conosco


    Open chat
    Podemos te ajudar?