Dermatite

DERMATOLOGIA CLÍNICA

Dermatite

A dermatite atópica é um dos tipos mais comuns de alergia cutânea. É uma doença crônica, tem casos familiares (genética) associados a alguns fatores ambientais, podendo ser acompanhados de asma e rinite. Sua característica é, principalmente, a pele seca com muito prurido.

 

Como a dermatite atópica se apresenta?

 

As manifestações clínicas variam de acordo com a idade, mas a característica mais importante é a pele seca com muita coceira que leva a ferimentos pelo ato de coçar.
Então, a doença pode ser dividida em três estágios: Fase infantil (3 meses a 2 anos); Fase pré-puberal (2 a 12anos); e Fase adulta (a partir de 12 anos).

 

Na fase infantil, o paciente pode ter vesículas (bolinhas de água), secreção, pele avermelhada e seca (principalmente na face, mas pode se estender para os braços e pernas). Na fase pré- púberal e adulta, pode haver o comprometimento das dobras cubitais (sem braço) e poplíteas (na perna).

 

Com o passar dos anos a pele fica mais espessa, escura e evolui com períodos de surtos e melhora, bem como pode se alternar com crises de asma ou rinite. É uma doença crônica, mas pode desaparecer na vida adulta.

 

Como tratar?

 

O principal tratamento da dermatite atópica é a hidratação da pele com cremes emolientes, a fim de proteger a barreira cutânea (hidratantes). Visam diminuir a coceira, assim como prevenir a recorrência das lesões.

 

O banho deve ser com água morna para fria, rápido, com uso de sabonete Syndet só nas partes de maior higiene e sem perfumes. Além disso, pode ser utilizado anti-histamínico para melhorar a coceira e ajudar a dormir.

 

Na grande maioria das vezes, somente tratamento de uso tópico com corticosteroide e/ou inibidores da calcineurina (poupadores dos corticosteroides). Para os casos mais graves, pode ser necessária medicação via oral. Portanto, procure orientação do seu dermatologista.

Entre em Contato

Conosco


    Open chat
    Podemos te ajudar?