Eflúvio Telógeno

DERMATOLOGIA CAPILAR

Eflúvio Telógeno

Eflúvio telógeno é uma queda de cabelo difusa que ocorre sem alterações na estrutura do fio. Em geral, começa 3 meses após o problema desencadeante.

 

Queda de cabelo no eflúvio telogeno é uma mudança no ciclo capilar que provoca aumento dos fios de cabelo na fase de queda.

 

O cabelo passa por um ciclo de nascimento, crescimento, repouso e queda, e assim vai se repetindo. O fio de cabelo cresce, em média, 4 anos; depois passa para a fase de repouso, que dura entre 3 a 5 meses. Então cai e volta a nascer.

 

Portanto, em uma pessoa que está tudo normal, sem problemas de queda de cabelo, 85% dos fios estão na fase de crescimento e 15% na fase de queda ou repouso. Nós temos em média 100 mil fios de cabelos, por isso a média de queda que é considerada normal é de 50 a 100 fios por dia.

 

Quais as possíveis causas de queda de cabelo por Eflúvio telógeno?

 

  • Hipotireoidismo ou hipertireoidismo (alteração da tireoide);
  • Anemia;
  • Pós-parto;
  • Alterações nos hormônios femininos;
  • Cirurgias em geral (bariátrica e outras);
  • Emocional (estresse);
  • Desnutrição;
  • Regimes drásticos com emagrecimento em curto tempo;
  • Doenças infecciosas (COVID 19, dengue, pneumonia);
  • Drogas (alguns medicamentos).

 

Como tratar?

 

Devemos, sobretudo, tentar encontrar a causa o mais rápido possível e corrigi-la. Os resultados do tratamento demoram para aparecer, pois o fio de cabelo cresce 1 cm por mês em média. Em geral, tratamos com aminoácidos, vitaminas, LED (laser baixa frequência), MMP (microinfusão de medicamentos na pele), microagulhamento, dermapen ou infiltrações com corticoides.

Entre em Contato

Conosco


    Open chat
    Podemos te ajudar?